Dedicar-nos ao máximo na busca pelo conhecimento, com o objetivo de oferecer aos nossos pacientes o que há de melhor

"O CFM, CRM e SBCP proibem fotos pré e pós por questões éticas. Veja imagens no Youtube"

As mamas podem ser aumentadas, reduzidas ou suspensas, dependendo da necessidade de cada mulher.

A) AUMENTO: (VER PRÓTESE DE MAMA)

b) REDUTORA: É indicada para quem tem mamas volumosas, que podem além de prejudicar visual, vestuário e auto estima, também acarretar problemas para a coluna.
Com a cirurgia, as mamas passam a ter o volume reduzido e o formato fica com um aspecto bem melhor, em harmonia com o diâmetro do tórax da paciente. Além de reduzir o volume, as mamas são reposicionadas, ou seja, não ficam mais caídas. As cicatrizes podem ser em formato de “T” invertido, em “L” ou em “I”. A cirurgia é feita sob anestesia regional com sedação e dura em torno de 2 horas. O período de internação é, geralmente, de 12 horas, podendo ir no mesmo dia para casa. Os pontos são com fios especiais e não precisam ser retirados. Embora o pós-operatório seja indolor, é muito importante respeitar as recomendações.

c) SUSPENSÃO / REMODELADORA : Cirurgia plástica para suspender mamas caídas ou corrigir mamas assimétricas. Fatores como: amamentação, idade, ortopédicos e oscilação no peso corporal, fazem com que a pele e o tecido mamário sofram ptose, ou seja, queda, o que leva à deformação da mama. Assim, a pele em excesso é retirada, podendo até mesmo levar à retirada de algumas estrias. A mama, aréolas, glândulas e gordura são reposicionadas internamente, deixando os seios eretos. A cicatriz é bem discreta, dependendo da habilidade do cirurgião. A cirurgia é feita sob anestesia regional com sedação e dura em torno de 2 horas. O período de internação é, geralmente, de 12 horas, podendo ir no mesmo dia para casa. Os pontos são com fios especiais e não precisam ser retirados. Embora o pós-operatório seja indolor, é muito importante respeitar as recomendações.

Orientações pós-operatórias:

- Tomar a medicação conforme prescrito;
- Alimentar-se normalmente e ingerir bastante líquido;
- Não fazer esforços físicos exagerados com os braços por 2 meses;
- Não elevar os braços (cotovelos) acima do nível do ombro (15 dias), está liberado elevar os antebraços e as mãos;
- Não deitar sobre as mamas (1 mês), podendo deitar de lado ou de barriga para cima;
- Não molhar os curativos (7 dias). Quando for liberado o banho geral, este deve ser rápido e não muito quente;
- Trocar os curativos 1 a 2 vezes por semana usando a fita cirúrgica (micropore ou de silicone);
- Não andar, sentar, ficar em pé ou deitar-se sem soutien, inclusive na hora do banho (1 mês);
- Não dirigir (15 dias);
- A cicatrização passará por várias fases e aspectos, chegando ao resultado final em torno de 18 meses;
- Banho de imersão ou piscina após 1 mês.

× Como posso Ajudar?