Dedicar-nos ao máximo na busca pelo conhecimento, com o objetivo de oferecer aos nossos pacientes o que há de melhor

Ética na Cirurgia Plástica

Do ponto de vista prático a ética e a moral tem finalidades semelhantes. Ambas são responsáveis pelas bases que vão pautar a conduta dos homens determinando a melhor forma de agir e de se comportar em sociedade. Portanto ser ético é agir dentro de padrões convencionais, estabelecidos pela comunidade, com bons procedimentos e nunca prejudicando o próximo. E tratando-se da ética na cirurgia plástica, não é diferente.

Portanto, os cirurgiões plásticos devem seguir as recomendações descritas no Código de Ética. Pois, esta é uma forma de exercer sua profissão com responsabilidade e segurança.

Vejam abaixo algumas regras que regem a ética dos médicos cirurgiões plásticos.

Ética na Cirurgia Plástica

Relação Médico e Paciente

As consequências da falta de ética nessa relação tão delicada podem atingir não somente o profissional, mas principalmente o indivíduo que está passando pelo tratamento.

Sobretudo, um médico que segue os princípios da ética e da honestidade, além de cumprir de maneira satisfatória a sua obrigação como profissional, é reconhecido por outros profissionais da área da saúde e também por seus pacientes. Além de se tornar uma referência no mercado.

É proibido expor os pacientes para fins comerciais na internet

Visando o bem-estar dos pacientes, uma das formas de garantir a aplicação correta do trabalho do médico nas redes sociais é preservar a imagem deles em qualquer tipo de post na internet.

Valor da cirurgia plástica através das redes sociais não é permitido

Existe uma Resolução do Conselho Federal de Medicina que considerada inadequado informar ao paciente preço de cirurgias, médias de valores e planos de financiamentos.

Sendo assim, é imprescindível agendar uma consulta presencial para que o cirurgião plástico avalie cada caso e compreenda os incômodos e expectativas do paciente. E somente assim, poderá informar custos e possibilidades de pagamentos.

Cuidado com os preços muito baixos e promessas milagrosas. Procure um cirurgião plástico de confiança, visando a sua segurança.

Fotos exibindo antes e depois dos pacientes

Fotos e vídeos de pacientes com intuito de exibir resultado de tratamentos e outros fins promocionais são vetados pelo CFM, mesmo que o cliente autorize a divulgação. A única exceção se refere ao uso do material em trabalhos e eventos científicos, sempre sob expressa anuência do paciente.

Não utilizar expressões que sugiram superioridade

A partir das recomendações do Conselho Federal de Medicina, é importante evitar o uso de expressões que sugiram superioridade em relação a outros profissionais. Termos como, por exemplo, “o melhor” ou “o único que oferece”, não são permitidos.

Portanto, o médico deve falar do seu trabalho e das técnicas utilizadas em sua profissão nas redes sociais de uma maneira sutil e responsável. O objetivo é sempre levar informações de qualidade para seus seguidores.

Por que não fazer consórcio?

Novamente, o Código de Ética do Conselho Federal de Medicina (CFM) não permite vínculo do médico com empresas de financiamento. Por isso, essa é uma questão que deve ser feita direto com o paciente e o banco.

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso Ajudar?