Dedicar-nos ao máximo na busca pelo conhecimento, com o objetivo de oferecer aos nossos pacientes o que há de melhor

Blefaroplastia – a cirurgia para as pálpebras perfeitas

Com o decorrer da vida, fatores como idade, textura da pele, distúrbios da acuidade visual, problemas emocionais, entre outros, podem deixar sua marca e surge um excesso cutâneo a nível das pálpebras, superiores e/ou inferiores, por vezes acompanhado de bolsas adiposos (os famosos “papos” nos olhos).

A cirurgia plástica das pálpebras, ou blefaroplastia, corrige os excessos de pele, gordura e flacidez muscular da região palpebral, podendo, em certos casos, melhorar o aspecto funcional.

É importante levar em consideração que o que acontece durante uma blefaroplastia não proporciona rejuvenescimento facial quando executada isoladamente. Além disso, não deverá acarretar qualquer prejuízo para a função das pálpebras.

Sendo a pele das pálpebras de espessura muito fina, as cicatrizes tendem a ficar praticamente disfarçadas nos sulcos da pele.

A cirurgia, normalmente, demora 90 minutos. Dependendo do caso, existem detalhes que podem prolongar esse tempo. Mesmo assim, raramente ultrapassam 50% do tempo básico previsto.

O período de internamento é de uma a quatro horas para procedimento realizados com anestesia local, que é o tipo de anestesia mais utilizada, e de 12 a 24 horas para anestesia geral.

Após o procedimento, recomenda-se a colocação de compressas frias várias vezes ao dia como profilaxia do edema acentuado. É normal que a região das pálpebras apresente inchaço nos três primeiros dias do pós-operatório.

O resultado definitivo é atingido após o terceiro mês. Entretanto, logo após o oitavo dia, já é possível perceber aproximadamente 50% do resultado final. Nas duas ou três semanas subsequentes, esta percentagem tende a melhorar acentuadamente.

 

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso Ajudar?