Dedicar-nos ao máximo na busca pelo conhecimento, com o objetivo de oferecer aos nossos pacientes o que há de melhor

Abdominoplastia e Gravidez

A gravidez provoca alterações no corpo da mulher como aumento de peso e flacidez nos seios e no abdomen, que podem ser maiores ou menores de acordo com os cuidados nutricionais que a nova mamãe vai ter durante a gestação. A única plástica que realmente não é recomendada de se realizar quando a paciente ainda pretende engravidar futuramente, é a abdominoplastia, porque nesse caso, a pele do abdomen estará esticada e sem elasticidade, o que em uma eventual gestação futura, pode levar ao aparecimento de grande quantidade de estrias no abdômen, devido ao aumento do volume abdominal decorrente da gravidez. Após a formação de estrias, a pele não tem mais capacidade de retração, e ao final da gestação, a paciente terá uma maior chance de apresentar uma grande flacidez no abdomen.

Isso não significa que toda mulher que realize abdominoplastia e engravide depois terá problemas, mas sim, que a paciente deverá ter um cuidado maior para não engordar muito durante a gravidez e sempre utilizar uma grande quantidade de óleos e cremes hidratantes na barriga e seios diariamente, com o objetivo de diminuir as chances de surgimento de estrias e flacidez no abdomen. Em virtude disso, o ideal é realizar a abdominoplastia apenas quando a paciente não planeja ter mais filhos. As demais plásticas podem ser realizadas sem problemas, lembrando que após a gravidez, pode-se perder parte do resultado estético obtido nesses procedimentos.

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso Ajudar?