Dedicar-nos ao máximo na busca pelo conhecimento, com o objetivo de oferecer aos nossos pacientes o que há de melhor

5 curiosidades sobre rinoplastia

O nariz possui um papel de grande destaque no rosto, por isso a rinoplastia é uma das cirurgias mais procuradas no Brasil, tanto por homens quanto por mulheres. Confira abaixo 5 curiosidades sobre essa cirurgia!

1. A rinoplastia pode diminuir ou aumentar o nariz
Apesar de estar muito associada a redução do nariz, a rinoplastia também pode ser utilizada para aumentá-lo. Para isso, são feitos enxertos de cartilagem ou colocação de próteses.

2. Técnicas: aberta e fechada
Existem duas técnicas principais dessa cirurgia: aberta e fechada. Na primeira, é realizada uma incisão por dentro do nariz, outra na columela e depois a pele é puxada para cima, o que possibilita uma visualização mais ampla das estruturas nasais. Já na segunda, a incisão é realizada apenas por dentro, resultando em uma intervenção menos agressiva.

3. Seu nariz vai continuar crescendo
A rinoplastia é uma cirurgia que só deve ser feita após a formação completa do nariz, o que ocorre entre os 15 e 16 anos em mulheres e aos 18 anos em homens. Mas é preciso lembrar que como está é uma região com cartilagem, portanto têm tendência a aumentar ao longo do tempo. Ou seja, seu nariz – com ou sem cirurgia – não vai ser o mesmo daqui a 10 ou 20 anos.

4. O nariz de uma celebridade não deve ser replicado
Por mais que seja positivo a paciente trazer referências do resultado que deseja, o nariz de uma celebridade não pode ser simplesmente replicado. Para um resultado satisfatório, a cirurgia deve ser pensada para que ele se enquadre da melhor maneira do rosto da paciente, seguindo seus padrões e proporções. As imagens de referência devem apenas servir de base para entender o desejo da paciente e suas expectativas, buscando o melhor resultado possível.

5. A cirurgia e a recuperação são rápidas
A rinoplastia é um procedimento ambulatorial e leva cerca de 2h, sem necessidade de hospitalização. Seu pós-operatório é simples: o paciente fica em observação no hospital, quando o efeito da anestesia passa ele recebe alta. Além disso, não é necessário repouso total, apenas é necessário evitar esforços físicos e o sol. Em até 3 meses, tudo já volta totalmente ao normal.

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso Ajudar?